terça-feira, 28 de abril de 2015

5 - Top 10 Elementos Afrodisíacos

1. Temperos


Muitas pessoas já tentaram de alguma forma usar  elementos afrodisíacos de várias formas e variadas receitas e bebidas.
Os Homens principalmente sempre estão procurando uma maneira, seja ela qual for, de  aumentar o seu desempenho sexual.
Não falando de Viagra ou Cialis, falando de afrodisíacos de verdade.
Pode ser uma Droga, uma Comida, uma bebida, um perfume ou mesmo dispositivos que algumas dizem que pode melhorar o impulso sexual ou o próprio ​desejo .
Sendo assim: Os  afrodisíacos são coisas que melhoram o desempenho sexual, sejam eles alimentos picantes como a Pimenta e o Curry que podem ter resultados afrodisíacos apreciáveis. Muitas vezes usados ​​podem lembrar o acto sexual por esquecer o Corpo, acelerar o batimento cardíaco, e aumentar e em seguida transpiração.

2. Ostras

Está surpreso? Muitas pessoas sabem de como as ostras auxiliam como afrodisíaco do sexo natural, mas muitos não tem absolutamente uma ideia porque isso Acontece?
As ostras são moluscos inusitadas e deliciosas que fornecem o corpo humano com uma série de nutrientes e minerais, que, posteriormente, resultam em alguns grandes benefícios à saúde tais com o zinco e o selênio, e são estes dois minerais que tornam uma ostra um alimento afrodisíaco.
Estes inclui como perda de peso, aumenta a atividade metabólica, aumenta o reparo do tecido e crescimento, reduz os níveis do colesterol, reduz o pressão arterial, melhorar suas funções imunológicas, ajuda na cicatrização de feridas, e promover o crescimento saudável. Além disso, eles são considerados um poderoso afrodisíaco, pode melhorar a circulação do sangue, e aumentar a força do osso para reduzir a osteoporose.
O primeiro é Importante para a produção de esperma e para a saúde de sêmen (cada ejaculação contém, aproximadamente, 5 mg de zinco); o selênio melhora o desempenho Fertilidade e Sexual.

3. Wasabi

Wasabi é um tempero em pasta utilizado na culinária japonesa, feito da planta wasabia japonica, sendo cultivado nos frescos planaltos de Amagi, na península de Izu, Shizuoka, Hotaka e Nagano.
A Wasabia japonica pertence à família das Brassicaceae e é conhecida também como raiz-forte japonesa ou wasábia.
O termo wasabi aparece no Honzo-wamyo, em 918, o mais velho dicionário botânico, compilado na era Heian (794-1185), referenciando 1025 espécies de plantas japonesas.
A produção da Wasabia japonica é muito difícil em escala comercial, dadas as características climáticas em que esta planta se desenvolve, com água fria em regiões montanhosas, o que tornam este produto mais caro do que outras variedades de raiz forte da família das Brassicaceae.

Uso medicinal
A raiz-forte japonesa selvagem parece ter sido utilizada como planta medicinal e antídoto para envenenamentos por ingestão de alimentos, daí ser servido com peixe cru desde a era Nara (710-793).
É comum a indicação fitoterápica do consumo de raiz-forte para pessoas com alergia respiratória ou rinite alérgica, devido a suas propriedades como descongestionante e expectorante.

Uso na culinária
A raiz-forte japonesa apresenta alguma semelhança com a raiz-forte tradicional (Armoracia rusticana), mas tem um sabor e aroma mais delicado.
A primeira utilização da raiz-forte japonesa no sushi, em particular no nigirizushi, foi no período Edo, tendo sido um verdadeiro sucesso, sendo generalizado a outros pratos como as massas e arroz ochazuke. Actualmente, a raiz-forte japonesa é usada para acompanhar sushi e sashimi.
A raiz-forte japonesa obtida do caule fresco é chamada de hon-wasabi (verdadeira raiz-forte japonesa) diferenciando-se das outras formas de apresentação. Deve ser ralada geralmente utilizando raladores orgânicos (para evitar sua oxidação), como lixa bastante fina feita de pele de tubarão. A raiz-forte japonesa apresenta um aroma e paladar considerados únicos, mas após ralada deve ser utilizada imediatamente para preservar o máximo do sabor e aroma, tendo durabilidade de no máximo 2 dias após ter sido ralada.
Algumas pessoas acham que o sushi é que é o alimento afrodisíaco, mas na verdade não é. A Wasabi pode tirar lágrimas de quem exagera no consumo. Agora que já sabe que ela tem outro efeito, não jogue aquele restinho. Aproveite para usar depois em casa por exemplo: Depois do restaurante, experimente então utilizando e mostrar á sua Companheira o Seu Verdadeiro 'Wasssssabi'.

4. Caviar

O caviar é um alimento e iguaria de luxo, consistindo em ovas de esturjão não-fertilizadas salgadas, sem qualquer outro tipo de aditivo, corante ou preservante. As ovas podem ser "frescas" (não-pasteurizadas) ou pasteurizadas, tendo estas muito menor valor gastronómico e monetário. Mas isto não significa que você tenha de comprar o melhor caviar para ficar quente, vá com calma.
De fato o Caviar contem cargas de Vitaminas benéficas. Eles são ricos em fósforo e extremamente nutritivas para as células sistema nervoso.
Seus evidentes poderes afrodisíacos também são reforçados por vodka.

5. Ginseng


O Ginseng é uma raiz que é conhecida como erva milagrosa, de origem chinesa, a raiz é atribuída a cura e prevenção de diversos males, como diminuir os sintomas de estresse, tem efeito calmante, previne a gripe, é um estimulante sexual, previne o câncer, melhora a memória e diminui a pressão arterial.
Algumas pessoas utilizam o ginseg combinando exercícios físicos, em busca da hipertrofia, porém, os efeitos benéficos do ginseng somente com uma alimentação equilibrada e saudável que contenha proteínas e carboidratos que atuem directamente na musculatura proporcionando assim a hipertrofia, normalmente ingerido em sua formulação em pó ou em cápsulas.
Ginseng para que serve?
O ginseng foi submetido a diversos estudos em relação ao câncer e suas especificidades, quando combinado a determinados tipos de químicas que também teriam o intuito de cura, no entanto, os estudos ainda não estão concluídos.
O ginseng apesar de trazer muitos benefícios a saúde deve ser ingerido em controle, principalmente com o conhecimento de um médico, que possa acompanhar os possíveis efeitos colaterais que esta raiz pode causar.
O médico irá sugerir o período de tempo que será necessário fazer uso do ginseng por via oral, assim como irá indicar as doses diárias que garantam seus benefícios, além de garantir que o paciente não está incluso nos grupos de riscos que devem evitar o ginseng, como as gestantes, lactantes, crianças, pessoas portadoras de lúpus, esclerose, artrite ou esquizofrenia.
O médico também irá indicar uma alimentação equilibrada para que o ginseng atue somente com seus benefícios, podendo excluir qualquer tipo de alimento muito estimulante, ou ainda vetar o uso do ginseng devido ao uso de quaisquer medicamentos que possam alterar as funções corporais ou ainda ser estimulado pelo ginseng agindo no organismo de formas adversas.
Ginseng contra indicações?
O excesso do ginseng pode causar vómitos, diarreia e insónia, devido a isso, é necessário que suas doses sejam controladas principalmente quando estão relacionadas a erecção ou ejaculação, já que a administração surte efeito com o período de tratamento, e não com a urgência.
O ginseng possui substâncias chamadas ginsenosídos que são semelhantes a determinados hormônios do nosso organismo, actuando assim em diversos sistemas do corpo, também estimulando a produção destas hormonas.
Ginseng emagrece?
Estas substâncias conhecidas como ginsenosídos atuam dificultando que as células de gordura completem seu processo, desta forma, estas células possuem maiores dificuldades de se acumular ao corpo, além de controlar os índices glicêmicos do organismo, contribuindo assim para prevenir a diabetes ou ainda curar a diabete Mellitus tipo II.
Ainda que seu consumo seja altamente eficaz, o controle destas substâncias são importantes, devido aos efeitos colaterais, sendo assim, ainda é necessário que a consulta médica seja feita, pois o ginseng actuando nas células de gordura deve estar combinado a uma alimentação saudável.
A alimentação saudável irá garantir que os efeitos do ginseng nestas células de gordura sejam eficazes, pois a alimentação rica em gorduras e açúcares somente tornaria as funções do ginseng no organismo ainda mais difíceis.
Neste caso, o uso do ginseng deve ser receitado por um nutricionista para a exclusiva finalidade de emagrecer, e será considerado a dieta com alimentos saudáveis combinada a uma rotina de exercícios, acelerando assim o processo de emagrecimento e garantindo que os efeitos do ginseng junto a alimentação possam ser benéficos, já que o ginseng actua também como estimulante e determinados alimentos combinados ao ginseng poderiam causar insónia e ansiedade.
O ginseng, apesar de ser uma raiz com formato peculiarmente similar ao de um ser humano, é encontrado em sua formulação em pó ou em tabletes devendo ser administrada com cautela, estas formulações podem ser encontradas em lojas de produtos naturais com bastante facilidade, e seu preço varia de acordo com a quantidade de gramas ou de tabletes e cápsulas.
A formulação em pó, requer um controle maior de suas doses, de modo que não cause efeitos colaterais devido a má administração, sendo assim, a forma mais segura de inserir o ginseng na alimentação, é utilizando sua formulação em cápsulas, pois elas contém em seu interior, as doses necessárias para o consumo seguro do ginseng, a atenção maior é ainda nas indicações de ingestão relacionados aos horários das refeições, devendo também ser respeitada a sugestão médica.
Ginseng significa erva-humana pela sua forma semelhante à de uma figura humana. Ela demora cerca de quatro a seis anos para atingir sua maturidade. É utilizado como recurso tradicional para aumentar a capacidade produtiva do esperma e por facilitar a erecção masculina. Parece que também aumenta a libido feminina. Você pode tomar comprimidos preparados com este componente. Antes de tomar qualquer decisão, procure um médico para não exagerar e passar mal.

6. Yohimbine

O que é a Ioimbina?

O Ioimbina é uma árvore alta que pode chegar a 30 metros de altura. É portador de folhas ovais, acuminadas, tempo 30 a 40 cm. Os botões, verde, amarela ou rosa, aberto a perfumadas flores brancas amarelados depois vermelho. Floresta nativa da África tropical, especialmente Camarões, Zaire e Gabão, a casca é colhida a cada ano. É cortada em pedaços e deixa-se secar ao sol.
Na África Ocidental, casca de Ioimbina era tradicionalmente conhecido como um afrodisíaco. Os curandeiros tradicionais utilizam para tratar a angina e hipertensão. Mas é a sua utilização como um afrodisíaco que tem persistido ao longo do tempo. Até o recente advento do Viagra ® é o cloridrato de ioimbina (extracto padronizado da casca de Ioimbina) prescrita para homens com disfunção eréctil.

Como é que a ioimbina?
A ioimbina é extraída da casca de Yohimbe. Ela atribui a sua acção farmacológica, este alcalóide, que responde por 1% a 6% na composição da crosta. A ioimbina pode tanto aumentar o suprimento de sangue para os órgãos genitais e estimular a actividade do sistema nervoso simpático, responsável por impulsos nervosos que estimulam o tecido genital, o que tornaria um verdadeiro "afrodisíaco", ao contrário de outras substâncias que atuam indirectamente sobre a função sexual. O sildenafil (Viagra ®) pertence a esta categoria de afrodisíacos "true".
A adrenalina é um hormônio produzido pelas glândulas supra-renais localizado acima de cada rim. Ela tem um papel preponderante no funcionamento do sistema nervoso simpático, disse, cuja acção é principalmente excitatórios.
A ioimbina funciona ligando-se aos receptores adrenérgicos (especificamente alfa adrenérgicos) as células do corpo, evitando assim a libertação de adrenalina. Estes efeitos vasodilatadores são expressas principalmente na periferia da circulação arterial nas artérias da pele, intestinos, aparelho urinário e genital, especialmente nos corpos cavernosos do pénis, onde atua como afrodisíaco. Na verdade, ioimbina actua no corpo cavernoso que contém muitos vasos sanguíneos que se enchem de sangue durante a erecção. Assim, no tratamento da impotência masculina, ioimbina ajuda vasos abertos e melhoria de enchê-los nesta parte do pénis, permitindo assim uma melhor erecção.
A ioimbina é também utilizada na síndrome de hipotensão ortostática, levando a uma queda na pressão sanguínea quando um indivíduo se move subitamente de uma posição deitada para a posição de pé.

Que estudos científicos têm demonstrado os benefícios da ioimbina?
O tratamento utilizado para a 2 tipos de impotência (psicogênicas ou causas orgânicas) são geralmente muito diferentes. Inesperadamente, ioimbina produziu a mesma resposta global em 2 categorias. Segundo estudos, 34 a 43% dos homens respondem positivamente ao tratamento com ioimbina.
Em um estudo de 1997 de ioimbina (2 comprimidos de 5mg, 3 vezes ao dia) ou placebo foi administrado durante 8 semanas a 86 homens com disfunção eréctil sem uma causa específica foi identificada. Ioimbina mostrou muito mais eficaz que o placebo: 71% contra 45%, sem efeitos colaterais significativos.

·         Erecções mais longas, mais largo e mais forte desde o primeiro dia.
·         Aumenta a libido
·         Trata disfunção eréctil.
·         Aumento do prazer sexual
·         Causas do aumento do volume de sangue na área genital (a presença de vaso-dilatadores nos tecidos periféricos do pénis)
·         Suporta maior resistência e desejo sexual, melhorando a circulação sanguínea

Quais são as contra-indicações?
Não utilizar em insuficiência renal, insuficiência hepática, espasmo vascular cerebral e da retina, problemas cardíacos, hipertensão, gestação, lactação.

7. Mosca Espanhola

Leia com Atenção Ate O final.
A mosca espanhola é um besouro verde metálico encontrado em partes do sul da Europa. Os besouros machos usam o odor da mosca espanhola para seduzir sexualmente as fêmeas a terem relações sexuais. Nos últimos anos, o corpo triturado e seco do besouro era usado como um diurético, mas também foi usado como um afrodisíaco muito potente. As pessoas ainda estão comprando este estimulante para aumentar o apetite sexual.

Afirmações:
A mosca espanhola é um líquido afrodisíaco que pode aumentar o desejo sexual feminino, o libido e a reacção. Os anúncios deste produto afirmam que pode ser adicionada a qualquer bebida ou alimento para melhorar significativamente o desenvolvimento sexual.

Irritante:
Um reforço sexual para as mulheres, o líquido irrita a área urogenital produzindo uma sensação de coceira nas membranas sensíveis. Essa suposta sensação febril aumenta o desejo da mulher para o sexo.

Efeitos colaterais:
A mosca espanhola pode causar dor ao urinar, bem como febre e uma secreção com sangue. Ela também pode causar danos permanentes aos rins e aos órgãos genitais.

Sexo consensual:
Há uma variedade de produtos de mosca espanhola sendo oferecidos no mercado e destacando que o produto só deve ser oferecido com o consentimento explícito do indivíduo. No entanto, existe a possibilidade que essa droga possa ser usada inconscientemente, possibilitando encontros sexuais inadequados ou ilícitos.

Efeitos nos homens:
A mosca espanhola não melhora a vida sexual masculina. Este produto será ineficaz na melhoria da actividade sexual de um homem, caso ele esteja com disfunções sexuais, como impotência ou perda do apetite sexual.

8. Baunilha



Algo me diz que agora estamos ficando felizes com tal notícia. Finalmente algo doce e mais acolhedor. A baunilha tem um efeito eufórico razoavelmente forte. Eu uso nas minhas receitas de Cocktail e por vezes na Cozinha. O seu consumo pode combater a falta da libido (apetite sexual) e melhorar os Centros Nervosos.
Seu poder afrodisíaco deve-se tanto pelo cheiro adocicado como pelo sabor. A palavra baunilha vem do espanhol vainila, um diminutivo de vagina, o que aumenta a crença de sua ligação directa às propriedades amorosas. Importante, procure usar o produto natural, pois a baunilha sintética, embora mais barata, é menos eficaz e pode enjoar. Uma boa dica é acrescentar a essência de baunilha dentro da banheira, num banho a dois, produz um suave efeito de estímulo amoroso.

9. Patchouli


Patchouli é uma planta nativa da Índia e de suas folhas é extraído um óleo essencial por meio de destilação a vapor. Há muito tempo, o óleo essencial de patchouli é usado como insecticida e repelente de insectos, além de ser usado para a protecção das roupas também. Em muitos templos, a planta é usada como incenso, pois acredita-se que ajuda a centrar a mente antes das meditações, além de conectar as pessoas com a terra.
O aroma do patchuli é forte e, mesmo considerado agressivo por algumas pessoas, tem sido utilizado durante séculos em perfumaria. O seu aroma é considerado relaxante por diversas pessoas.
São atribuídas várias propriedades benéficas tanto à planta quanto ao seu óleo essencial, principalmente por parte dos adeptos de medicina alternativa e ervanários.

Benefícios medicinais?
Suas aplicações envolvem benefícios internos, emocionais e para a pele. É usado como tratamento de problemas dermatológicos como acnes, pele rachada, dermatite, eczema, envelhecimento da pele, cicatrizes, queimaduras, pé de atleta e caspa. Além disso, é capaz de contrair e aglutinar os tecidos, ajudando a dar firmeza à pele. Seus benefícios contra o envelhecimento da pele se dão por meio da acção tónica e como regenerador do telemóvel.
Para fins medicinais, é usado para combater às celulites, varizes, tratar a retenção de líquidos, dores musculares, inflamações, impedir a proliferação de bactérias e aliviar os sintomas associados às picadas de insecto.
Quando usado para fins de tratamento emocional, o óleo essencial de patchouli é eficaz na redução da ansiedade, da fadiga e da frigidez. Ainda emocionalmente falando, essa essência é indicada para aqueles que precisam alcançar a calma e a tolerância, aqueles que reclamam muito da vida ou de pessoas próximas, sendo eficaz no alcance da compreensão.

Propriedades?
Todos os seus benefícios estão associados às suas propriedades que envolvem acção antidepressiva, flogística, anticéptica, afrodisíaca, adstringente, cicatrizante, citofilática, desodorizante, diurética, febrífuga, fungicida, insecticida, sedativa e tónica.

Seus componentes básicos são alpha bulnesene, cariofileno, norpatchoulenol, álcool de patchouli, seychellene e pogostol.

Como usar o óleo essencial de patchouli?
Confira abaixo algumas formas de usar o óleo e aproveitar todos os seus benefícios.

·         Massagem
O óleo pode ser usado na forma de massagem, misturando-se 45 gotas do óleo essencial em 120 ml de creme hidratante.

·         Banho
Como banho, você pode encher uma banheira com água morna e adicionar 5 gotas do óleo. Caso não tenha banheira, pingue 2 gotas em sua esponja de banho e use para massagem todo o corpo.

·         Compressa
Como compressa, em áreas menores, use um pedaço de algodão. Molhe o algodão em água morna e adicione duas gotas do óleo aplicando na área afectada. Em áreas menores, faça o mesmo procedimento, mas com um pano macio.

Ele servirá para despertar e provocar uma Energia Sexual.
Você poderá comprar em forma de essência ou em incenso.
SEJA sempre criativo, e que tal um pouco de música sensual?

10. Musk

Cardo de Musk, um nativo da Europa ocidental, foi introduzido para os EUA no início de 1800. Ele tem uma longa história como uma praga de pastagens em os EUA
Palavras-chave: Asteraceae, bienal, erva, espinhoso caules e folhas, cabeças de flor em forma de disco, inclinando a cabeça de flor, cerdas sementes; Nomes comuns: cardo balançando
Segundo muitos especialistas, o musk muito se assemelha ao cheiro das feromonas masculinas, a hormona sexual.
Portanto, antes dela chegar a casa, você pode borrifar o musk e preencher o lugar com o cheiro ‘de homem’.
Isso não quer dizer que você, homem, começará a gostar de homem, apenas estará agradando mais à sua mulher.