quarta-feira, 29 de abril de 2015

2 - Vinho Da Madeira




CASTAS

Actualmente as variedades de castas mais utilizadas na produção de vinho Madeira são: 
Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Tinta Negra. No entanto, existem outras castas recomendadas e autorizadas.

Tinta Negra

A introdução da Tinta Negra na Madeira data do séc. XVIII. Trata-se de uma casta muito versátil e vigorosa, de bagos médios a pequenos, com a película muito fina e mole, que facilmente se adaptou às condições existentes na ilha, desde a sua introdução. A sua cultura está essencialmente situada no sul da Ilha, no Funchal e Câmara de Lobos e a norte, em São Vicente. A Tinta Negra produz vinhos Secos, Meio Secos, Meio Doces e Doces. Representa entre 80 a 85% do total da produção de Vinho Madeira.

Malvasia

A casta Malvasia foi a primeira a ser plantada na ilha da Madeira e é originária de Creta. Caracteriza-se por cachos grandes e cónicos, com bagos grandes e oblongos. Geralmente encontra-se entre os 150 e 200 metros de altitude. A Malvasia Cândida foi desde sempre tratada com muito esmero e cuidado, tornando os seus vinhos muito apreciados e cobiçados. Alguns vinhos atingem preços astronómicos em leilões.

O Malvasia produzido pelos padres jesuítas no século XVIII é considerado o rei dos Vinhos de toda a produção de Vinhos Madeira. Tal como a Malvasia Cândida a Malvasia-de-São-Jorge produz vinhos no estilo doce, sendo entre os Madeiras, os que apresentam maior riqueza e untuosidade.

Sercial

A casta Sercial, também conhecida por Esgana Cão, devido à sua notável adstringência e elevada acidez, cresce também em outras regiões do Continente português.

Trata-se de uma casta resistente ao míldio e oídio, que se caracteriza por cachos pequenos em forma de pinha e de bagos compactos e muito ácidos, de uma cor amarelo esverdeada. Diferencia-se das outras castas pela sua elevada acidez e adstringência. Esta casta é cultivada principalmente no Norte da ilha e em Câmara de Lobos a altitudes que poderão atingir 600 metros na costa sul e os 200 metros no Norte. Produz vinhos no estilo seco.

Verdelho

É provável que a Verdelho existente na Madeira seja oriunda do continente português, Açores ou de Itália. Caracteriza-se por cachos pequenos e médios, bagos oblongos e comprimidos lateralmente, com película resistente. Produz vinhos ligeiramente mais encorpados e menos ácidos que os provenientes da casta Sercial. É cultivada a cerca de 400 metros de altitude e produz vinhos de tipo Meio Seco.

Boal

Oriunda do continente português a casta Boal apresenta cachos grandes e possui uma película resistente. É cultivada a uma latitude que varia entre os 100 e os 300 metros. Produz vinhos de tipo Meio Doce, medianamente encorpados e ricos, que são muito apreciados pelo seu equilíbrio acidez/doçura e pelo seu característico aroma adquirido ao longo do envelhecimento em cascos.

Autorizadas e Recomendadas

As castas recomendadas e as castas autorizadas a utilizar na produção de Vinho Madeira são as seguintes:

Castas Recomendadas
Nome Principal / Cor

Bastrado / Tinta
Folgasão (Terrantez) / Branca
Malvasia-Cândida / Branca
Malvasia-Cândida Roxa / Rosadas
Malvasia-Fina / Branca
Sercial / Branca
Tinta / Tinta
Tinta Negra / Tinta
Verdelho / Branca
Verdelho-Tinto / Tinta

Cépages Autorizadas
Nome Principal / Cor

Caracol / Branca
Carão-de-Moça / Branca
Complexa / Tinta
Deliciosa / Tinta
Listrão / Rosadas
Malvasia Branca de S.Jorge / Branca
Moscatel Graúdo / Branca
Rio-Grande / Branca
Triunfo / Tinta
Valveirinho / Branca